Pesquisar este blog

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Analisando o que os Adventistas pregam


    SE EXISTE ALGUMA DÚVIDA SOBRE OS ADVENTISTAS SEREM UMA SEITA. ESPERO QUE DEPOIS DESSE ESTUDO NÃO EXISTA MAIS.
    BOM EU PEGUEI O CREDO DELES, NO SITE OFICIAL DOS ADVENTISTAS ESTA MANHÃ (18/01/2010). VC PODE CONSTATAR QUE EU NÃO ALTEREI EM NADA É SÓ DAR UMA OLHADA NO SITE:
http://www.portaladventista.org/portal/quem-somos/5-crencas-fundamentais.
    EU COLOQUEI OS ERROS DOUTRINÁRIOS MAIS RELEVANTES (NÃO VOU CONSIDERAR COMO RELEVANTE PROBLEMAS DE INTERPRETAÇÃO BIBLICA, POIS PRA MIM ISSO NÃO TEM COMO MENSURAR). E NO FINAL VOU FAZER UM COMENTÁRIO DE CADA UM OK? LEMBRE-SE QUE SEGUNDO JESUS: "UM POUCO DE FERMENTO É SUFICIENTE PARA LEVEDAR TODA A MASSA".

    Os Adventistas do Sétimo Dia dizem que aceitam a Bíblia como seu único credo e que mantêm as crenças fundamentais como ensinam as Sagradas Escrituras. Estas crenças aqui expostas constituem a percepção e expressão que a Igreja Adventista sustém com respeito aos ensinos bíblicos.
    1. As Escrituras Sagradas
    As Escrituras Sagradas, o Antigo e o Novo Testamentos, são a Palavra de Deus escrita, dada por inspiração divina por intermédio de santos homens de Deus que falaram e escreveram ao serem movidos pelo Espírito Santo. (II Pedro 1:20 e 21; II Tim. 3:16 e 17; Sal. 119:105; Prov. 30:5 e 6; Isa. 8:20; João 10:35; 17:17; I Tess. 2:13; Heb. 4:12).

    2. A Trindade
    Há um só Deus: Pai, Filho e Espírito Santo, uma unidade de três Pessoas coeternas. Deus é imortal, onipotente, onisciente, acima de tudo, e sempre presente. (Deut. 6:4; 29:29; Mat. 28:19; II Cor. 13:13; Efés. 4:4-6; I Pedro 1:2; I Tim. 1:17; Apoc. 14:6 e 7).

    3. Deus Pai
    Deus, O Eterno Pai, é o Criador, o Originador, o Mantenedor e o Soberano de toda a criação. Ele é justo e santo, compassivo e clemente, tardio em irar-Se, e grande em constante amor e fidelidade. (Gên. 1:1; Apoc. 4:11; I Cor. 15:28; João 3:16; I João 4:8; I Tim. 1:17: Êxo. 34:6 e 7; João 14:9).

    4. Deus Filho
    Deus, o Filho Eterno, encarnou-Se em Jesus Cristo. Por meio dEle foram criadas todas as coisas, é revelado o caráter de Deus, efetuada a salvação da humanidade e julgado o mundo. Jesus sofreu e morreu na cruz por nossos pecados e em nosso lugar, foi ressuscitado dentre os mortos e ascendeu para ministrar no santuário celestial em nosso favor. Virá outra vez para o livramento final de Seu povo e a restauração de todas as coisas. (João 1:1-3 e 14; 5:22; Col. 1:15-19; João 10:30; 14:9; Rom. 5:18; 6:23; II Cor. 5:17-21; Lucas 1:35; Filip. 2:5-11; I Cor. 15:3 e 4; Heb. 2:9-18; 4:15; 7:25; 8:1 e 2; 9:28; João 14:1-3; I Ped. 2:21; Apoc. 22:20). Ver vídeo (Realvideo 3 minutos).

    5. Deus Espírito Santo
    Deus, o Espírito Santo, desempenhou uma parte ativa com o Pai e o Filho na Criação, Encarnação e Redenção. Inspirou os escritores das Escrituras. Encheu de poder a vida de Cristo. Atrai e convence os seres humanos; e os que se mostram sensíveis, são renovados e transformados por Ele, à imagem de Deus. Concede dons espirituais à Igreja. (Gên. 1:1 e 2; Lucas 1:35; II Pedro 1:21; Lucas 4:18; Atos 10:38; II Cor. 3:18; Efés. 4:11 e 12; Atos 1:8; João 14:16-18 e 26; 15:26 e 27; 16:7-13; Rom. 1:1-4).

    6. Deus é o Criador
    Deus é o Criador de todas as coisas e revelou nas Escrituras o relato autêntico de Sua atividade criadora. “Em seis dias fez o Senhor os Céus e a Terra” e tudo que tem vida sobre a Terra, e descansou no sétimo dia dessa primeira semana. (Gên. 1;2; Êxo. 20:8-11; Sal. 19:1-6; 33:6 e 9; 104; Heb. 11:3; João 1:1-3; Col. 1:16 e 17).

    7. A Natureza do Homem
    O homem e a mulher foram formados à imagem de Deus com individualidade e com o poder e a liberdade de pensar e agir. Conquanto tenham sido criados como seres livres, cada um é uma unidade indivisível de corpo, mente e alma, e dependente de Deus quanto à vida, respiração e tudo o mais. Quando nossos primeiros pais desobedeceram a Deus, negaram sua dependência dEle e caíram de sua elevada posição abaixo de Deus. A imagem de Deus, neles, foi desfigurada, e tornaram-se sujeitos à morte. Seus descendentes partilham dessa natureza caída e de suas conseqüências. (Gên. 1:26-28; 2:7; Sal. 8:4-8; Atos 17:24-28; Gên. 3; Sal. 51:5; Rom. 5:12-17; II Cor. 5:19 e 20).

    8. O Grande Conflito
    Toda a humanidade está agora envolvida num grande conflito entre Cristo e Satanás, quanto ao caráter de Deus, Sua Lei e Sua soberania sobre o Universo. Esse conflito originou-se no Céu, quando um ser criado, dotado de liberdade de escolha, por exaltação própria, tornou-se Satanás, o adversário de Deus, e conduziu à rebelião uma parte dos anjos. Ele introduziu o espírito de rebelião neste mundo. Observado por toda a Criação, este mundo tornou-se o palco do conflito universal, dentro do qual será finalmente vindicado o Deus de amor. (Apoc. 12:4-9; Isa. 14:12-14; Ezeq. 28:12-18; Gên. 3; Gên. 6-8; II Pedro 3:6; Rom. 1:19-32; 5:19-21; 8:19-22; Heb. 1:4-14; I Cor. 4:9).

    9. Vida, Morte e Ressurreição de Cristo
    Na vida de Cristo, de perfeita obediência à vontade de Deus, e em Seu sofrimento, morte e ressurreição, Deus proveu o único meio de expiação do pecado humano, de modo que os que aceitam essa expiação, pela fé, possam ter vida eterna, e toda a Criação compreenda melhor o infinito e santo amor do Criador. (João 3:16; Isa. 53; II Cor. 5:14, 15 e 19-21; Rom. 1:4; 3:25; 4:25; 8:3 e 4; Filip. 2:6-11; I João 2:2; 4:10; Col. 2:15).

    10. A Experiência da Salvação
    Em infinito amor e misericórdia, Deus fez com que Cristo Se tornasse pecado por nós, para que nEle fôssemos feitos justiça de Deus. Guiados pelo Espírito Santo reconhecemos nossa pecaminosidade, arrependemo-nos de nossas transgressões e temos fé em Jesus como Senhor e Cristo, como Substituto e Exemplo. Esta fé que aceita a salvação, advém do poder da Palavra e é o dom da graça de Deus. Por meio de Cristo somos justificados e libertados do domínio do pecado. Por meio do Espírito, nascemos de novo e somos justificados. Permanecendo nEle, tornamo-nos participantes da natureza divina e temos a certeza da salvação agora e no Juízo. (Sal. 27:1; Isa. 12:2; Jonas 2:9; João 3:16; II Cor. 5:17-21; Gál. 1:4; 2:19 e 20; 3:13; 4:4-7; Rom. 3:24-26; 4:25; 5:6-10; 8:1-4, 14, 15, 26 e 27; 10:7; I Cor. 2:5; 15:3 e 4; I João 1:9; 2:1 e 2; Efés. 2:5-10; 3:16-19; Gál. 3:26; João 3:3-8; Mat. 18:3; I Pedro 1:23; 2:21; Heb. 8:7-12).

    11. Crescimento em Cristo
    Por sua morte na cruz, Jesus triunfou sobre as forças do mal. Ele, que subjugou os espíritos demoníacos durante Seu ministério terrestre, quebrantou o poder deles e garantiu Sua condenação final. A vitória de Jesus nos dá a vitória sobre as forças do mal que ainda buscam controlar-nos, enquanto caminhamos com Cristo em paz, gozo e na segurança de Seu amor. Agora, o Espírito Santo mora em nosso interior e nos dá poder. Continuamente consagrados a Jesus como nosso Salvador e Senhor, somos libertos do fardo de nossas ações passadas. Não mais vivemos nas trevas, sob o temor dos poderes do mal, da ignorância e a insensatez de nossa antiga maneira de viver. Nesta nova liberdade em Jesus, somos chamados a crescer à semelhança de Seu caráter, mantendo uma comunhão diária com Ele por meio da oração, alimentando-nos de Sua Palavra, meditando nela e na providência divina, cantando em Seu louvor, reunindo-nos para adorá-Lo e participando na missão da Igreja. Ao entregar-nos ao Seu amorável serviço por aqueles que nos rodeiam e ao testemunharmos de sua salvação, a presença constante do Senhor em nós, por meio do Espírito, transforma cada momento e cada tarefa em uma experiência espiritual. (Salm. 1:1,2; 23:4; 77:11,12; Col. 1:13, 14; 2:6, 14,15; Luc. 10:17-20; Efés. 5:19, 20; 6:12-18; I Tess. 5:23; II Pedro 2:9; 3:18; II Cor. 3:17,18; Filip. 3:7-14; I Tess. 5:16-18; Mat. 20:25-28; João 20:21; Gál. 5:22-25; Rom. 8:38,39; I João 4:4; Heb. 10:25.

    12. A Igreja
    A Igreja é a comunidade de crentes que confessam a Jesus Cristo como Senhor e Salvador. Unimo-nos para prestar culto, para comunhão, para instrução na Palavra, para a celebração da Ceia do Senhor, para o serviço a toda a humanidade e para a proclamação mundial do Evangelho. A Igreja é a Família de Deus. A Igreja é o corpo de Cristo. (Gên. 12:3; Atos 7:38; Mat. 21:43; 16:13-20; João 20:21 e 22; Atos 1:8; Rom. 8:15-17; I Cor. 12:13-27; Efés. 1:15 e 23; 2:12; 3:8-11 e 15; 4:11-15).

    13. O Remanescente e sua Missão
    A Igreja universal compõe-se de todos os que verdadeiramente crêem em Cristo; mas, nos últimos dias, um remanescente tem sido chamado para fora, a fim de guardar os mandamentos de Deus e a fé de Jesus. Este remanescente anuncia a chegada da hora do Juízo, proclama a salvação por meio de Cristo e prediz a aproximação de Seu segundo advento. (Mar. 16:15; Mat. 28:18-20; 24:14; II Cor. 5:10; Apoc. 12:17; 14:6-12; 18:1-4; Efés. 5:22-27; Apoc. 21:1-14).

    14. Unidade no Corpo de Cristo
   A Igreja é um corpo com muitos membros, chamados de toda nação, tribo, língua e povo. Todos somos iguais em Cristo. Mediante a revelação de Jesus Cristo nas Escrituras, partilhamos a mesma fé e esperança e estendemos um só testemunho para todos. Essa unidade encontra sua fonte na unidade do Deus triúno, que nos adotou como Seus filhos. (Sal. 133:1; I Cor. 12:12-14; Atos 17:26 e 27; II Cor. 5:16 e 17; Gál. 3:27-29; Col. 3:10-15; Efés. 4:1-6; João 17:20-23; Tiago 2:2-9; I João 5:1).

    15. O Batismo
    Pelo batismo confessamos nossa fé na morte e na ressurreição de Jesus Cristo e atestamos nossa morte para o pecado e nosso propósito de andar em novidade de vida, sendo aceitos como membros por Sua Igreja. É por imersão na água e segue-se à instrução nas Escrituras Sagradas e à aceitação de seus ensinos. (Mat. 3:13-16; 28:19 e 20; Atos 2:38; 16:30-33; 22:16; Rom. 6:1-6; Gál. 3:27; I Cor. 12:13; Col. 2:12 e 13; I Pedro 3:21).

    16. A Ceia do Senhor
    A Ceia do Senhor é uma participação nos emblemas do corpo e do sangue de Jesus, como expressão de fé nEle, nosso Senhor e Salvador. A preparação envolve o exame de consciência, o arrependimento e a confissão. O Mestre instituiu a Cerimônia do lava-pés para representar renovada purificação, para expressar a disposição de servir um ao outro em humildade semelhante à de Cristo, e para unir nossos corações em amor. (Mat. 26:17-30; I Cor. 11:23-30; 10:16 e 17; João 6:48-63; Apoc. 3:20; João 13:1-17).

    17. Dons e Ministérios Espirituais
    Deus concede a todos os membros de Sua Igreja, em todas as épocas, dons espirituais. Sendo outorgados pela atuação do Espírito Santo, o Qual distribui a cada membro como Lhe apraz, os dons provêem todas as aptidões e ministérios de que a Igreja necessita para cumprir suas funções divinamente ordenadas. Alguns membros são chamados por Deus e dotados pelo Espírito para funções reconhecidas pela Igreja em ministérios pastorais, evangelísticos, apostólicos e de ensino. (Rom. 12:4-8; I Cor. 12:9-11, 27 e 28; Efés. 4:8 e 11-16; II Cor. 5:14-21; Atos 6:1-7; I Tim. 2:1-3; I Pedro 4:10 e 11; Col. 2:19; Mat. 25:31-36).

    18. O Dom de Profecia
    Um dos dons do Espírito Santo é a profecia. Este dom é uma característica da Igreja remanescente e foi manifestado no ministério de Ellen G. White. Como a mensageira do Senhor, seus escritos são uma contínua e autorizada fonte de verdade e proporcionam conforto, orientação, instrução e correção à Igreja. (Joel 2:28 e 29; Atos 2:14-21; Heb. 1:1-3; Apoc. 12-17; 19:10).

    19. A Lei de Deus
    Os grandes princípios da Lei de Deus são incorporados nos Dez Mandamentos e exemplificados na vida de Cristo. Expressam o amor, a vontade e os propósitos de Deus acerca da conduta e das relações humanas, e são obrigatórios a todas as pessoas, em todas as épocas. Esses preceitos constituem a base do concerto de Deus com Seu povo e a norma do julgamento de Deus. (Êxo. 20:1-17; Mat. 5:17; Deut. 28:1-14; Sal. 19:7-13; João 14:15; Rom. 8:1-4; I João 5:3; Mat. 22:36-40; Efés. 2:8).

    20. O Sábado
    O bondoso Criador, após os seis dias da Criação, descansou no sétimo dia e instituiu o Sábado para todas as pessoas, como memorial da Criação. O quarto mandamento da imutável Lei de Deus requer a observância deste Sábado do sétimo dia como dia de descanso, adoração e ministério, em harmonia com o ensino e prática de Jesus, o Senhor do Sábado. (Gên. 2:1-3; Êxo. 20:8-11; 31:12-17; Lucas 4:16; Heb. 4:1-11; Deut. 5:12-15; Isa. 56:5 e 6; 58:13 e 14; Lev. 23:32; Mar. 2:27 e 28).

    21. Mordomia
    Somos despenseiros de Deus, responsáveis a Ele pelo uso apropriado do tempo e das oportunidades, capacidades e posses, e das bênçãos da Terra e seus recursos, que Ele colocou sob o nosso cuidado. Reconhecemos o direito de propriedade da parte de Deus, por meio de fiel serviço à Ele e a nossos semelhantes, e devolvendo os dízimos e dando ofertas para a proclamação de Seu Evangelho e para a manutenção e o crescimento de Sua igreja. (Gên. 1:26-28; 2:15; Ageu 1:3-11; Mal. 3:8-12; Mat. 23:23; I Cor. 9:9-14).

    22. Conduta Cristã
    Somos chamados para ser um povo piedoso, que pensa, sente e age de acordo com os princípios do Céu. Para que o Espírito recrie em nós o caráter de nosso Senhor, só nos envolvemos naquelas coisas que produzirão em nossa vida, pureza, saúde e alegria semelhantes às de Cristo. (I João 2:6; Efés. 5:1-13; Rom. 12:1 e 2; I Cor. 6:19 e 20; 10:31; I Tim. 2:9 e10; Lev. 11:1-47; II Cor. 7:1; I Pedro 3:1-4; II Cor. 10:5; Filip. 4:8).

    23. Matrimônio e Família
    O Casamento foi divinamente estabelecido no Éden e confirmado por Jesus como união vitalícia entre um homem e uma mulher, em amoroso companheirismo. Para o cristão, o compromisso matrimonial é com Deus, bem como com o cônjuge, e só deve ser assumido entre parceiros que partilham da mesma fé. No tocante ao divórcio, Jesus ensinou que a pessoa que se divorcia do cônjuge, a não ser por causa de fornicação, e se casa com outro, comete adultério. Deus abençoa a família e tenciona que seus membros ajudem um ao outro a alcançar completa maturidade. Os pais devem educar os seus filhos a amar o Senhor e a obedecer-Lhe. (Gên. 2:18-25; Deut. 6:5-9; João 2:1-11; Efés. 5:21-33; Mat. 5:31 e 32; 19:3-9; Prov. 22:6; Efés. 6:1-4; Mal. 4:5 e 6; Mar. 10:11 e 12; Lucas 16:18; I Cor. 7:10 e 11).

    24. O Ministério de Cristo no Santuário Celestial
    Há um santuário no Céu. Nele Cristo ministra em nosso favor, tornando acessíveis aos crentes os benefícios de Seu sacrifício expiatório oferecido uma vez por todas, na cruz. Ele foi empossado como nosso grande Sumo Sacerdote e começou Seu ministério intercessório por ocasião de Sua ascensão. Em 1844, no fim do período profético dos 2.300 dias, Ele iniciou a segunda e última etapa de Seu ministério expiatório. O juízo investigativo revela aos seres celestiais quem dentre os mortos será digno de ter parte na primeira ressurreição. Também torna manifesto quem, dentre os vivos, está preparado para a trasladação ao Seu reino eterno. A terminação do ministério de Cristo assinalará o fim do tempo da graça para os seres humanos, antes do Segundo advento. (Heb. 1:3; 8:1-5; 9:11-28; Dan. 7:9-27; 8:13 e 14; 9:24-27; Núm. 14:34; Ezeq. 4:6; Mal. 3:1; Lev. 16; Apoc. 14:12; 20:12; 22:12).

    25. A Segunda Vinda de Cristo
    A segunda vinda de Cristo é a bendita esperança da Igreja. A vinda do Salvador será literal, pessoal, visível e universal. (Tito 2:13; João 14:1-3; Atos 1:9-11; I Tess. 4:16 e 17; I Cor. 15:51-54; II Tess. 2:8; Mat. 24; Mar. 13; Lucas 21; II Tim. 3:1-5; Joel 3:9-16; Heb. 9:28).

    26. Morte e Ressurreição
    O salário do pecado é a morte. Mas Deus, o único que é imortal, concederá vida eterna a Seus remidos. Até aquele dia, a morte é um estado inconsciente para todas as pessoas. (I Tim. 6:15 e 16; Rom. 6:23; I Cor. 15:51-54; Ecles. 9:5 e 6; Sal. 146:4; I Tess. 4:13-17; Rom. 8:35-39; João 5:28 e 29; Apoc. 20:1-10; João 5:24).

    27. O Milênio e o Fim do Pecado
    O milênio é o reinado de mil anos, de Cristo com Seus santos, no Céu, entre a primeira e a segunda ressurreições. Durante este tempo serão julgados os ímpios mortos. No fim desse período, Cristo com Seus Santos e a Cidade Santa descerão do Céu à Terra. Os ímpios mortos serão então ressuscitados e, com Satanás e seus anjos, cercarão a cidade; mas fogo de Deus os consumirá e purificará a Terra. O Universo ficará assim eternamente livre do pecado e dos pecadores. (Apoc. 20; Zac. 14:1-4; Mal. 4:1; Jer. 4:23-26; I Cor. 6; II Pedro 2:4; Ezeq. 28:18; II Tess. 1:7-9; Apoc. 19:17, 18 e 21).

    28. A Nova Terra
    Na Nova Terra, em que habita justiça, Deus proverá um lar eterno para os remidos e um ambiente perfeito para vida, amor, alegria e aprendizado eternos, em Sua presença. (II Pedro 3:13; Gên. 17:1-8; Isa. 35; 65:17-25; Mat. 5:5; Apoc. 21:1-7; 22:1-5; 11:15).

--------------------------------------------------------------------------------
MEUS COMENTÁRIOS:
    CREDO DE NÚMERO "4" - "Deus, o Filho Eterno, encarnou-Se em Jesus Cristo”, Esse ponto é interessante e passa despercebido por nós às vezes. O Cristo não encarnou em Jesus, essa doutrina herética é defendida pelos adventistas e quer dizer que Jesus era um homem comum até o Batismo quando O Cristo encarnou nele. Deu para entender a sutileza? O Filho não encarnou em Jesus, ele é Jesus. Essa heresia tem nome e é Arianismo. Não podemos fazer concessões, ou acreditamos que Jesus sempre foi o Filho ou descartamos essa doutrina, e nossa Fé. Pois este ensino é contrario a Bíblia. Eu poderia mostrar várias passagens que fale sobre isso, mas sei que você já conhece todas.

    CREDO 8 - O GRANDE CONFLITO - Esse credo sobre o GRANDE CONFLITO tem mais a ver com um livro escrito por Ellen G. White com esse mesmo nome. O livro fala um monte de asneiras, inclusive que a marca da Besta, o 666 lembra, não é um número literal, mas sim o abandono da guarda do sábado e sua troca pelo domingo. Em outras palavras quando eu e você não guardamos o sábado, recebemos sobre nossas vidas a marca da besta. Além disso, é tolice acreditar que existe mesmo um conflito entre Jesus e Satanás. Existe um conflito entre satanás e a Igreja, pois o diabo não é adversário de Cristo e sim nosso adversário. "O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar; resisti-lhe firmes na fé"(1 Pe 5.8-9). Acreditar que existe um conflito travado entre satanás e Jesus é heresia é diminuir Jesus a uma categoria de Semi-deus.

    CREDO 13 - “um remanescente tem sido chamado para fora, a fim de guardar os mandamentos de Deus e a fé de Jesus. Este remanescente anuncia a chegada da hora do Juízo, proclama a salvação por meio de Cristo e prediz a aproximação de Seu segundo advento.” - Alguns Cristãos podem até considerar os Adventistas como irmãos mas eles não nos consideram como Salvos. Leia de novo o Credo 13 completo lá em cima. Notou que existe um remanescente que foi “chamado para fora”. Você percebeu o disparate dessa afirmação. Ao mesmo tempo que eles consideram todos os cristãos como sendo a Igreja, somente um remanescente (que é formado somente pelos Adventistas, não se engane), veja só o remanescente é o povo chamado para fora. Se pararmos um momento para analisar esta afirmação verificaremos que tem alguma coisa errada nela, pois a palavra Igreja vem de Ekklésia que significa: "chamados para fora". Ao mesmo tempo que ele considera todos os cristãos como os chamados para fora usando a palavra Igreja, ele logo se contradiz afirmando que somente o remanescente é o verdadeiro povo chamado para fora, ou seja, a verdadeira Igreja. Assim sendo eu e você não somos verdadeiramente parte da Igreja segundo as doutrinas Adventistas. Veja a sutileza digna das seitas pseudo-cristas, fazem uma afirmação conciliadora dizendo que todos os que aceitaram a Jesus fazem parte Igreja, mas logo em seguida dão a cartada: "mas somente um grupo pequeno foi chamado para fora nestes últimos dias”. Agora me pergunto: Se o esse grupo remanescente só foi chamado nestes últimos dias (a partir de 1844) o que eu digo sobre a salvação de John Wesley, João Calvino, Jacob Armínio, Martinho Lutero, John Fox, Policarpo, Justino Mártir, John knox, e tantos outros que Abalaram o mundo de sua época com a pregação do genuíno Evangelho? Mas que viveram antes de 1844? Eles não eram chamados para fora? O que Dizer de nós que entregamos as nossas vidas a Cristo hoje, e vivemos cada dia como se fosse o último mas não fazemos parte dos adventistas? Estamos fora? Isso é Heresia, isso é uma afirmação digna dos Doutores da Lei na época de Jesus. Fecham a porta do Céu para todos que estão fora de seu grupo e não entram nem eles nem ninguém.

    CREDO 16 – “O Mestre instituiu a Cerimônia do lava-pés” - Jesus não instituiu nenhuma cerimônia de lava pés, Ele lavou os pés dos 11 mas não deixou isso como ordenança para a Igreja. Não há nenhum relato bíblico depois desse sobre essa prática entre os Apóstolos e nem na Igreja do 1º Século. Mas isso não é Grave e não se constituiu heresia é só uma curiosidade.

    CREDO 18. O DOM DE PROFECIA - "seus escritos {de Ellen Whitte} são uma contínua e autorizada fonte de verdade e proporcionam conforto, orientação, instrução e correção à Igreja" - Veja essa afirmação é Grave. Os Adventistas colocam os livros de Ellen Whitte em pé de igualdade com a Bíblia. Em outras palavras se eu quiser fazer uma Bíblia que depois do Apocalipse eu coloque o Livro "o Grande conflito", por exemplo, não haveria problema algum para os Adventistas. Só que, ao colocarem os livros de Ellen Whitte no mesmo nível de Colossenses, Filipenses e outros livros bíblicos, criamos um Problema teológico, as profecias de Hellen Whitte não se cumprem. No entanto os Adventistas não abrem mão dela, se você falar a um adventista que a Ellen Whitte é mentirosa estará cometendo a pior das blasfêmias. Mas veja, se as profecias da senhora Whitte não se cumprem, mas estão em pé de igualdade de inspiração com o restante da Bíblia, o que eu vou dizer das Profecias Bíblicas? Então ao seguir esse pensamento tenho que admitir que: Todas as Profecias Bíblicas são mentirosas. Logo: Jesus não voltará! É mentira! Ou melhor, Jesus sequer veio! Ué! Se as profecias de Ellen White não se cumprem, mas mesmo assim eu a admito como uma profetiza igual a Samuel e Moisés, Isaias, Jeremias e etc. porque tenho que acreditar que as profecias de Isaias, de Jeremias e tantos outros são verdadeiras? Isso é uma assinatura de suicídio teológico. Não posso aceitar que um Servo de Deus verdadeiro, tenha a mesma autoridade que a Bíblia, mesmo que tudo o que ele fale se cumpra sempre. Imagine ter como um irmão em cristo uma pessoa que pertence à um grupo de pessoas que vivem e morrem em torno dos ensinos de uma falsa profetiza? Que ainda por cima se auto intitula a "Voz Profética de Deus" ou como eles preferem o "Espírito de Profecia". Como posso aceitar uma blasfêmia contra o Espírito Santo o meu amado desta forma? Não! Eu não posso. Não posso.

     CREDO 19 - A LEI DE DEUS - Esse credo é uma introdução do credo 20. Mas vamos lá! A Igreja não vive mais pelos 10 mandamentos. Os mandamentos são o resumo da Lei de Deus, e refletem o caráter de Deus, mas Jesus cumpriu toda a Lei (e não só os 10 mandamentos) justamente porque o ser humano não consegue cumprir o decálogo imagine toda a Lei? É Por isso que Paulo diz que nós somos salvos pela graça e não pelas obras. E as obras que Paulo está se referindo são as obras da Lei. Tiago nos diz que: “Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos.", ou seja, se tentarmos cumprir a lei teremos que cumpri-la toda. Se errarmos em um só ponto, somos réus do Inferno, estamos irremediavelmente perdidos. Não tem como eu valorizar ao mesmo tempo a Salvação pelo cumprimento das obras da Lei e a Salvação unicamente pela Graça, como querem fazer os Adventistas. Ou somos Salvos pelos méritos de Jesus Cristo ou somos Salvos pelos nossos próprios méritos. Ao obedecermos a Lei, ou os 10 mandamentos, estamos tentando fazer algo que Jesus já fez por nós, justamente porque era impossível que nós o fizéssemos. Se não atentarmos para esse nossa limitação, a culpa pelo pecado permanecerá em nós. As boas obras que fazemos são resultado da Salvação e não para conquistá-la. Atos Capitulo 15 diz como os Gentios seriam salvos.

    CREDO - 20 - O quarto mandamento da imutável Lei de Deus requer a observância deste Sábado do sétimo dia como dia de descanso, adoração e ministério, em harmonia com o ensino e prática de Jesus, o Senhor do Sábado - Como disse, o credo anterior foi um subterfúgio, ou seja, supervalorizou a Lei, com um argumento que dificilmente algum cristão iria questionar (se bem que é igualmente herético), para entrar com heresia pesada no credo seguinte. Essa questão do 4º mandamento – que é Guardar os sábados – é incompatível com os ensinos do Novo Testamento. Lembre-se: "Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanece em todas as cousas escritas no livro da lei, para praticá-las." (Gálatas 3:10), o mais engraçado é que eles dizem que este ensino está em “...em harmonia com o ensino e prática de Jesus” engraçado porque, de todos os mandamentos, a guarda do sábado foi o mais desdenhado pelo nosso Senhor. Jesus ensinou ainda que esse mandamento foi supervalorizado, e que por causa dele, o amor foi reprimido em uma atitude extremamente legalista por parte dos Escribas e Fariseus. Jesus não ensinou que deveria ser o sábado a coroa dos mandamentos, como dizem os Adventistas, através de Ellen Whitte veja alguns exemplos:
    Santificar o Sábado ao Senhor importa em salvação eterna” . (EG White; Testemunhos Seletos, vol. III; Ed. Casa Publicadora; Tatuí – SP; 1956, pág.22). “O Pr. Bates, o apóstolo da verdade sobre o sábado, tomou a liderança em advogar a obrigatoriedade da guarda desse dia” (EG White, Primeiros Escritos, Editora Casa Publicadora, Tatuí – SP; 1995, Prefácio Histórico XXII).
    “Foi-me mostrada então uma multidão que uivava em agonia. Em suas vestes estava escrito em grandes letras: Pesado foste na balança, e foste achado em falta. Perguntei (ao anjo) quem era aquela multidão. O Anjo disse: Estes são os que já guardaram o sábado e o abandonaram” (EG White, Primeiros Escritos, Editora Casa Publicadora, Tatuí – SP; 1995, pág.37)
    Além disso no Primeiro Sábado de Abril de 1847 Ellen White teve uma visão. Jesus a leva até a tábua dos 10 mandamentos e ela vê uma luz circundando o 4° mandamento. Comprova-se que os Batistas do 7° Dia sempre estiveram corretos.
    Veja tudo colaborado pelas visões da “Profetiza” Ellen Whitte. O Problema está nisso. Em fechar a porta da Graça e não deixar ninguém entrar. No entanto precisamos reconhecer que a Lei do sábado é impar na Bíblia pois ela não é sozinha, esta é uma lei em três fases. Interessante que os adventistas só seguem a primeira parte, mas deixar de observar as três fases desta Lei já não desabona toda a lei? Em Levítico 25 Deus vai revelar os desdobramentos da lei do sábado: 1º Guardar o sétimo dia e não trabalhar nele; 2º Guardar o sétimo ano (contando a partir da saída do Egito) e não trabalhar o ano todo; e 3º Guardar o 50º ano como um ano de Descanso e celebrar nele o Jubileu. E nesse Jubileu todos os terrenos comprados fora das cidades muradas deveriam ser restituídos aos antigos donos. Mas eu não vejo nenhum adventista fazendo isso. E essa parte da lei que diz respeito aos sábados dos anos era tão séria, que Deus vai dizer lá, muito tempo depois, que os filhos de Israel e Judá iriam para o Cativeiro e ficar longe de sua terra durante 70 anos (ver Jeremias e Daniel) para que a terra descansasse dos anos que os israelitas não deixaram ela descansar, ou seja por não haverem guardado os sábados dos anos. Porém para nós, que vivemos na Nova Aliança pelo sangue de Cristo, a guarda do sábado já era. O Principio, no entanto continua o mesmo, Deus quer que seu povo descanse, nós precisamos de um dia para Descansar, pode ser qualquer dia, Deus instituiu de principio o sábado por questão de organização. Mas o que vale é a alma da Lei. O quarto mandamento nos deixa a orientação de que o lazer faz parte da vontade de Deus.
Agora dizer que a salvação está no cumprimento de um mandamento é desdenhar o sacrifício na cruz. Então é uma mentira que o sangue de Cristo é suficiente par nos redimir de nossos pecados, pois Jesus pagou uma parte da Dívida e nós pagamos a outra parte cumprindo os mandamentos. Então a salvação não é pela graça, é mista, parte pela graça parte pelas obras. Então nós temos méritos na salvação. Isso é HERESIA. E eu não posso permitir que o sangue de Jesus seja desdenhado dessa forma.

    CREDO 24 - O MINISTÉRIO DE CRISTO NO SANTUÁRIO CELESTIAL – Este Credo tem a ver com o Grande desapontamento. Tudo começou com um fazendeiro chamado Guilherme Miller. Enquanto Miller estudava sua Bíblia na versão King James Miller passou a crer que poderia contar, usando um cálculo complexo que levava em consideração os 2300 dias do livro de Daniel, para estabelecer o tempo do retorno de Cristo com base nesta profecia bíblica. Seus cálculos levaram-no a crer que Cristo retornaria em 1843. Quando Cristo não retornou em 1843 muitos dos seguidores de Miller deixaram o movimento. Miller e seus associados determinaram que um erro havia sido feito nos cálculos da data do retorno de Cristo. Após estudo adicional, estabeleceram que Cristo retornaria no Dia da Expiação, 22 de outubro de 1844. Como Jesus não veio houve o chamado “Grande Desapontamento”, Miller abandonou o movimento, pediu perdão, e ao que tudo indica, retornou a Igreja Batista e terminou seus dias sem mais previsões. Porém entre o grupo de seguidores de Guilherme Miller houve não pequena frustração inclusive de uma Garotinha chamada Ellen Gould (posteriormente depois de Casada Ellen Gould Whitte) que teve uma visão do santuário Celestial naqueles dias que sucederam o desapontamento. Segundo o que Ellen Whitte viu na “revelação” Miller estava certo, pelo menos em parte, o que ocorreu na verdade foi que ele não entendeu o que iria acontecer de fato. Segundo Ellen Whitte o que aconteceu foi que Jesus, que estava no lugar santo desde sua ascensão (capitulo 1 de Atos e no capitulo final dos quatro evangelhos) esperando Deus aceitar o seu sacrifício e que naquele momento, em 1844, Deus havia aceitado (até que enfim hein) o sacrifício de Jesus e Ele (Jesus) pode enfim entrar no lugar santíssimo para sentar à destra de Deus – A essa doutrina se dá o nome de Juízo Investigativo – Pois Jesus estava investigando todos os pecados dos homens para por fim ter seu sacrifício aceito pelo Pai (é mais complexo que isso ta, mas dá para se ter uma idéia dessa aberração doutrinária). Note que, segundo essa Doutrina adventista, Cristo não estava no seu trono até 1844. Mas minha Bíblia diz que Estevão ao morrer viu Cristo a Destra de Deus. E agora quem está certo? Os Adventistas ou a Bíblia? Entende a Gravidade das heresias Adventistas e como a coisa é mais profunda do que simplesmente não trabalhar no sábado. Lembra que você comentou que as músicas dos adventistas sempre falam muito da vinda de Cristo. Isso se deve muito a frustração causada pelo fato de Jesus não ter vindo em 1844.

    CREDO – 26 – “Até aquele dia, a morte é um estado inconsciente para todas as pessoas” – A essa doutrina dá-se o nome de “Sono da Alma”, e é pregada pelos adventistas, conforme prega essa doutrina todos os mortos estão “dormindo” (literalmente falando) aguardando o desfecho da história. Essa parte somente grifei para curiosidade pois se trata de uma interpretação bíblica. Segundo uma outra interpretação os mortos estão conscientes em algum lugar. Ou em um lugar de descanso ou em um lugar de tormento dependendo da escolha que fez nesta vida, sobre: Servir ou não servir a Jesus. Para essa interpretação temos a Parábola do Rico e de Lázaro (não vou entrar em discussões sem sentido se a parábola é uma história verídica ou não) e a passagem no livro do Apocalipse 6. 9,10. Porém como eu disse isso não é tão relevante. Podemos entender que talvez se trate de uma simples questão de interpretação.


    Bom Acho que já deu para ter uma idéia de que os Adventistas se constituem uma seita. E Das perigosas.
Para saber mais sobre eles acesse: http://www.cacp.org.br/index.html
Fique na paz e que Deus te abençoe juntamente com sua família


A DEUS SEJA A GLÓRIA PARA SEMPRE

36 comentários:

  1. Deus tenha misericordia de vc amigão por saber tanto e mesmo assim é cego em relação a palavra de Deus

    Por isso lhes falo por parábolas; porque eles, vendo, não vêem; e, ouvindo, não ouvem nem compreendem. Mt 13:13

    vc está assim vendo mais ñ vê peça a misericordia Dele pra vc reconheçer a verdade.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente você não está sendo correto em relação a crença adventista. Em relação ao sábado por exemplo, ele não é meio de salvação, conforme você afirma em relação a crença adventista. Que da forma correta afirma: " Somos salvos pela Graça mediante a fé", outra conjecturação e fantasiosa e corresponde a sua expectativa tendênciosa em relação a alguma crença que você professa.

    ResponderExcluir
  3. Na verdade eu estou sendo bastante correto com a crença Adventista. Eu até gostaria de estar errado, eu queria que os Adventistas pregassem a verdadeira mensagem e fossem uma denominação verdadeiramente cristã, mas analisando o que vocês ensinam, não posso coadunar com Fé. Você não se identificou, mas vamos lá, vamos considerar algumas alegações feitas no seu comentário:

    1ª) SÁBADO: Você afirmou que eu não estou sendo verdadeiro ao afirmar que os adventistas acreditam que a observância da guarda do Sábado seja imprescindível para que ocorra a Salvação. Mas quem afirma isso não sou eu, quem afirma isso é Ellen G. White (EG White; Testemunhos Seletos, vol. III; Ed. Casa Publicadora; Tatuí – SP; 1956, pág.22). Olha o que ela escreve em outro livro:
    “Foi-me mostrada então uma multidão que uivava em agonia. Em suas vestes estava escrito em grandes letras: Pesado foste na balança, e foste achado em falta. Perguntei (ao anjo) quem era aquela multidão. O Anjo disse: Estes são os que já guardaram o sábado e o abandonaram” (EG White, Primeiros Escritos, Editora Casa Publicadora, Tatuí – SP; 1995, pág.37).
    Eu retiro o que disse na hora em que os adventistas pararem de considerar Ellen White como o Espírito de Profecia. Mudem o credo de vocês que eu retiro o que disse sobre isso. Enquanto isso eu estou sendo bastante correto ao afirmar que vocês supervalorizam a Lei, e consideram-na responsável pela salvação.

    2ª) GRAÇA: Você afirmou que é salvo pela Graça mediante a Fé, inclusive o Credo adventista no Item 10 (A Experiência da Salvação) diz exatamente isso. Porém temos um problema, como valorizar a Salvação pela Graça por meio da Fé, sem abrir mão da Lei, da Antiga Aliança. Uma anula a outra, o Apóstolo Paulo trata disso na Epístola aos Romanos, vocês Adventistas precisam escolher, ou a Graça ou a Lei, se o observar da Lei vétero-testamentária é necessário para a Salvação, então a salvação não é pela Graça, é pelas obras, “segue-se que Jesus morreu inutilmente”. Explica isso pra mim usando somente o Novo Testamento. E me mostra como sou salvo unicamente pela Graça se ainda tenho que cumprir a Lei? Então eu tenho méritos em minha salvação é isso? Se Jesus veio justamente porque eu não conseguia cumprir a Lei. Inquietantes verdades meu amigo eu sei.

    3ª) EU SOU TENDENCIOSO: Você disse que eu fico conjecturando e fantasiando sobre a Fé Adventista, por causa das minhas crenças tendenciosas. Eu acho que quem fantasia aqui é você, como pode né? Vocês não abrem mão da Ellen White, não conseguem se libertar da Lei, ficam confiando sua salvação nos seus méritos ao cumprir a lei do Sábado, e ainda enxergam a Graça nisso. Depois eu que sou fantasioso. Amigo acorda, tendenciosa e pretensiosa é a crença Adventista. Você está sendo enganado. Leia o Novo Testamento.
    No Mais, um bom Natal pra você. Acorda tá

    ResponderExcluir
  4. Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir.
    Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido.
    Mateus 5:17 -18

    O amado irmão está sentindo o chão abaixo de seus pés e o céu ainda está sobre sua cabeça?
    Então a lei ainda permanece em vigor. Palavra do nosso Senhor Jesus.

    E era o dia da preparação, e amanhecia o sábado. E as mulheres, que tinham vindo com ele da Galiléia, seguiram também e viram o sepulcro, e como foi posto o seu corpo. E, voltando elas, prepararam especiarias e ungüentos; e no sábado repousaram, conforme o mandamento.
    Lucas 23:50-56

    Ora se eles não violaram o sábado nem para preparar o corpo do nosso Senhor, é porque deve ser algo importante? Ou não?

    A paz do nosso Senhor Jesus para o irmão.

    ResponderExcluir
  5. Alguns pioneiros da Igreja Adventista inicialmente nao acreditavam na Trindade, mas depois com o passar do tempo, ja maduros espiritualmente e com mais entendimento, esses pioneiros mudaram de opiniao e passaram a acreditar na divindade de Jesus. Isso eu me refiro a sua primeira observação. Nunca o adventismo pregou que o Filho apenas se encarnou no batismo. Os adventistas sempre creram que Ele sempre foi homem e tambem divino. Mas o que me chateia nao são suas criticas em si, pois voce tem todo o direito de discorda-las, mas esse seu ridiculo jeito hironico de se expressar. Qualquer leitor bem entendido que ler essas "declarações" vai dizer a mesma coisa. Poderia refuta-las todas mas fico por essa mesma.

    ResponderExcluir
  6. Lei não salva, claro (nunca dissemos isso), mas te mostra quando está errado. Porque o fim (a finalidade, o alvo, o objetivo) da lei é Cristo. Rm 10:4, porque onde não há Lei, também não há pecado. Rm 4:15, e se não há pecado para quê Salvador? Agora ...eu não conheci o pecado senão pela Lei; porque eu não conhecia a cobiça, se a Lei não dissesse: Não cobiçarás". Rm 7:7 Êx 20:17.
    O Senhor não aboliu a lei Mt 5:17, ao contrario à tornou mais severa:
    Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. Êx 20:14
    Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela. Mt 5:29
    Precisamos ir imediatamente diante do trono graça e dizer: Senhor pequei! Para isso serve a lei, como o espelho que mostra nosso rosto sujo.
    Ai sim ...O pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei (do pecado), mas debaixo da graça. Rm 6:14, ...Mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros. Rm 7:23
    E eu sempre “Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne à lei do pecado”. Rm 7:25. (grifos meus)
    Anulamos, pois, a lei pela fé? Não, de maneira nenhuma! Antes, confirmamos a lei. Rm 3:31 Segundo a reconhecida opinião do Apóstolo Paulo, a fé é quem confirma a Lei.
    Tenho orado para irmão alcançar o verdadeiro entendimento e encontrá-lo lá Céu.
    A paz nosso Senhor Jesus.

    ResponderExcluir
  7. De acordo com a Biblia,os adventistas já estão debaixo da maldição da lei por não cumpri-la totalmente.A Biblia diz que nos ultimos dias surgirão falsos profetas.e o que os adventistas são?falsos profetas.não sou eu quem digo,mas sim a biblia.a gradeço a Deus pelo BLOG:Semeando a verdade...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é sem fundamento, pois suas palavras dizem isso.

      Mas digo uma coisa não o adventista que manda vc guardar o sabado e sim Deus guarde se quiser mas saiba que tera consequencias, fale menos e estude mais depois conversamos.

      Excluir
    2. verdadeiramente não consigo imaginar um sábado literário sendo responsável pela minha salvação. Pra mim sábado é o sétimo dia, no qual trabalhei 6 dias pra descansar no sétimo. Se eu começar trabalhar na segunda, o meu sábado será domingo. Deus não descansou, Ele concluiu o seu trabalho, sessou, ou Deus se cansa? E são os adv sim que manda guardar o sábado, seguem as profecias de uma senhorinha chamada Ellen alguma coisa, ver quantas profecias dela fracassaram e quanto a bíblia, ver se alguma profecia deu errado. hum não sei não, esta seita tem cada heresia!

      Excluir
  8. olá,eu nao conheço vc ,e nem sei quem vc é.vc diz q os adventista pregam uma seita,nao é de se admirar, vc falando.porque as pessoas dizia q paulo pregavam uma seita também(atos24,14).vc erras por nao conhecer as escritura.e vc prega o q verdades ou mentiras?se vc disser q prega verdades,me descupa ,vou-lhe chamar de mentiroso ou de falso profeta.poque aquele q diz,eu conheço e nao guarda os seus mandamentos é mentiroso e nele nao star a vedade(1joao2,4 proverbo28 9) amigo segue a biblia toda ,nao so os 4 evangelhos .toda a biblia é espirada por Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laura, desde já agradeço o seu contato. Eu já fiz uma resposta exaustiva analisando o próprio credo adventista. Acredito que fazer outra análise do credo para responder as suas indagações seria chover no molhado. Se você conhecesse a Bíblia "toda", não estaria fazendo estas afirmações. Para responder as heresias propostas pelos adventistas Deus nos deixou o livro de Hebreus, leia e suas dúvidas vão se esclarecer. Com relação aos 4 evangelhos eles são os relatos daquilo que Cristo nos ensinou a respeito do Reino dos Céus, todos os demais ensinos bíblicos devem se adequar a realidade do Evangelho, sem ele não há salvação, as epístolas servem para nos esclarecer as verdades contidas nos 4 evangelhos e como isso se harmoniza com o antigo testamento, que inclusive o escritor aos Hebreus deixa bem claro que eram sombras imperfeitas das perfeitas coisas do Novo Testamento. Leia atentamente o que eu escrevi no meu artigo, de mente aberta e verifique na sua Bíblia, se o que eu Digo é ou não verdade.
      Abraço e que Deus em Cristo lhe abençoe.

      Excluir
    2. gl 5.4 Vocês, que procuram ser justificados pela Lei, separaram-se de Cristo; caíram da graça.
      5 Pois é mediante o Espírito que nós aguardamos pela fé a justiça, que é a nossa esperança.
      7 Vocês corriam bem. Quem os impediu de continuar obedecendo à verdade?
      10 Estou convencido no Senhor de que vocês não pensarão de nenhum outro modo. Aquele que os perturba, seja quem for, sofrerá a condenação.
      14 Toda a Lei se resume num só mandamento: "Ame o seu próximo como a si mesmo".
      18 Mas, se vocês são guiados pelo Espírito, não estão debaixo da Lei.

      Excluir
  9. "Hebreus deixa bem claro que eram sombras imperfeitas das perfeitas coisas do Novo Testamento". Meu amigo, posso afirmar a você que existe uma confusão religiosa, e, em contra partida, existe um Deus de amor. Deus sabia do tempo de confusão de agora, e enviou uma profetisa para nos orientar em direção àquilo que a Luz maior diz, a saber, a Bíblia. A igreja Adventista não é formada de pessoas perfeitas e puras, muito pelo contrário não é essa a doutrina adventista até onde eu sei. São pessoas que buscam um encontro verdadeiro com Deus. Os adventistas possuem a verdade de Deus, mas não é uma verdade restrita aos mesmos, é aberta e pode ser adquirida por quem assim desejar. O problema é que existe uma aversão(natural ou sobrenatural) ao adventismo, digo isso, porque mesmo sem eu conhecer já achava estranho uma religião tão reverente a Deus e ao mesmo tempo diferente de tudo que presenciei. As mensagens Adventistas não são para serem admitidas irracionalmente, devem ser refletidas com afinco por aqueles que buscam o entendimento da vontade de Deus para essa geração. A sugestão é que você e eu busquemos aprender com fé em Deus e não naquilo que eu e você pensamos como Verdade Absoluta. Reflita e busque a Deus, mas, sobretudo, tema a Deus, pois é o início de toda a sabedoria. Os Adventistas, comumente, são cordiais com as pessoas, busque aprender junto de um, e desenvolva ainda mais os teus conhecimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wesley, a análise que eu fiz no texto que talvez vc tenha lido, foi feita levando em conta o próprio credo adventista. Eu não inventei nada, somente comentei. Com relação à Ellen Gould Whitte, noss... não preciso nem comentar, ela fez diversas previsões que não se cumpriram. Está tudo analisado lá em cima. Vc falou da confusão dos últimos dias. Que confusão é essa? A igreja nunca guardou o sábado, nunca, nunca, nunca. Vc entende isso? A Igreja desde o capítulo 15 de Atos, parou de exigir que os crentes cumprissem a lei. Então acho que sua profetiza chegou com 1800 anos de atraso. Agora analise a lógica disso - Deus nos deixa usar o cérebro, foi para isso que ele nos deu isso - Se o que Ellen ensinou é a verdade de Deus, como ele deixou isso perdido por 1800 anos?
      Eu já ví mensagens Adventistas, elas apresentam uma Graça barata, um sangue ralo, um homem cheio de justiça, e um Deus confuso. É impossível acreditar nisso. Bom... qualquer dúvida releia o texto acima. Lembrando que se a mensagem bíblica está encoberta... é para os que se perdem que ela está encoberta.

      Excluir
    2. A lei de Deus, sempre foi cumprida pelos cristãos, em seus credos históricos (e ainda pregam sua obediência: veja as confissões calvinistas, luteranas, da igreja de Deus, etc), até surgir no século XIX a heresia dispensacionalista, de que a lei foi abolida, e que existe distinção entre igreja e israel no plano da salvação. Apresentando um deus que faz acepção de pessoas, e que pregam duas salvações uma pela lei (Romanos 3, diz que todos pecaram, então os crentes do AT se perderam?) e outra pela graça, e não inteiramente nele (Gênesis 12;1-9, Jonas 2:6 e Hebreus 11), não seria esse um ensino herético e destituido de Verdade Bíblica, o qual os evangelicais modernos brasileiros, representados pelas Assembleias de Deus, neo-pentecostais e batistas fundamentalistas abraçam sem investigação?

      Excluir
    3. Então a mensagem que a adv prega é apenas pra quem já é adv? não devemos pregar o evangelho a toda criatura, aos perdidos? um... sei não, concordo com o semeador, seus artigos realmente está baseado na bíblia. Ellen White é mentirosa!

      Excluir
  10. vc deve ser um ex-adventista, agora vive aí cheio de receios por não ter permanecido na igreja adventista a igreja verdadeira a menina dos olhos de DEUS, pois fique sabendo que não importa o que vc fez cristo está de braços abertos a te perdoar e te purificar de todo pecado, pois nós somos salvos pela graça de CRISTO JESUS nosso SENHOR E CONSOLADOR, PEÇA PERDÃO A DEUS E VOLTE-SE TOTALMENTE PARA ELE, VIVA SUA FÉ NÃO ATINJA NINGUÉM NEM RELIGIÃO ALGUMA ISSO NÃO PODE FAZER PARTE DA SUA VIDA POIS JÁ TEMOS UM ACUSADOR SATANÁS QUE VIVE SEMEANDO A INJUSTIÇA E A DESUNIÃO ENTRE OS POVOS, EXISTE UMA IGREJA INVISÍVEL, MAIS UM DIA IRÃO ACORDAR E VOLTAR-SE PARA O PAI CELESTIAL O PRÓPRIO DEUS DIZ SAÍ DELA POVO MEU, E ELE COM CERTEZA TE CHAMA TAMBÉM. FIQUE COM A GRAÇA DE DEUS VOU ORAR PELA SUA CONVENÇÃO PORQUE AFINAL DE CONTAS IGREJA NÃO É PARTIDO POLÍTICO, MAIS É ACIMA DE TUDO UM CHAMADO DE DEUS CONGREGAI-VÓS. AMÉM IRMÃO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karmen, eu nunca fui adventista. Eu entendo que vc é muito sincera em sua crença. No entanto a análise que eu fiz do movimento adventista é bíblica e verdadeira. Não odeio os adventistas. Sou professor e já tive alunos e alunas adventistas, os quais mantenho amizade até hoje. Porém sua fé está depositada em uma mentira. Lamento, se vc não abandonar as fábulas e se firmar nas verdades das Escrituras, verás que tudo o que vc creu era puro engano. Leia meu artigo e as respostas que dei aos seus colegas, espero sinceramente que elas sirvam de reflexão.

      Excluir
  11. "Profecias que Ellen White fez e não se cumpriram..." Quais? ps: Sou Adventista. O que eu mais vi aqui foram acusações infundadas e superficiais, repetindo o que basicamente todo apologeta de meia-pataca já fez, repetindo chavões com análises prontas e preconcebidas.

    ResponderExcluir
  12. irmaos, vamos parar de discutir sobre os misterios divinos,´pois isso só atrai o mal,e traz graves consequencias,para todos os cristaos.Nao vamos apostar da fé,como escreveu Paulo,mas vamos nos unir e ser-mos fortes,pois nosso criador nao faz acepçao de pessoas.A SALVAÇAO SERÁ INDIVIDUAL,MAS O AMOR DE DEUS É COLETIVO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente temos que parar com discursões inúteis, apesar de concordar com o semeador. Li seu artigo e em nenhum momento vi ele sendo ironicamente desrespeitador como o povo adv, e sim o contrário, alguns adv se irando com as afirmações no artigo. mas somos todos filhos de Deus, Ele deu seu único filho pra morrer por nós, Ele nos deixou uma missão, pregar o evangelho a toda criatura Mc 16.15. Deus nos amou e sua misericórdia dura para sempre. VAMOS PREGAR AOS QUE NÃO CONHECEM A VERDADE!!!

      Excluir
  13. Os Adventistas uma seita perigosa? É mesmo? Mas o Diabo inventa mesmo, ainda usa esse povo de mente fraca como fantoche pra falar essa besteiras. Vai se converter rapaz. Se Jesus cumpriu toda lei e eu não preciso mais observar a lei, então todos seremos salvos independente das escolhas ou obras, vê se isso tem sentido! Cara se liga! Fala besteira não meu irmão. Deus santificou o Sábado como um dia de descanso.

    ResponderExcluir
  14. cada dia mais alegro-me em ser adventista . e tenho a certeza de uma vida futura feliz lá no céu com jesus .se vc tem dúvidas sobre os adventistas ,faça uma visita a igreja procure por vc mesmo não dê ouvidos a qualquer pessoa . todos são bem-vindos

    ResponderExcluir
  15. Seja Semeador, ou qualquer outro estudante da Bíblia Sagrada! Se você tem no coração a Fé, deve ter também a humildade de orar a Deus, buscando a sabedoria do Espírito Santo para uma compreensão onde contribua para sua salvação e salvação daqueles que estão em sua volta. Precisamos sim, preocupar-nos com o capitulo 3 e verso 9 da epístola do apóstolo Paulo à Tito, onde fica bem claro que devemos evitar discussões insensatas, contendas e debates sobre a Lei; Porque não tem utilidade e são fúteis. O que se deve fazer de verdade é ter mais respeito com o credo professado por qualquer que seja a denominação. Que Deus em Cristo nos abençoe e nos guarde de todos os males deste mundo tenebroso. Quanto a mim... Sou Adventista do Sétimo dia, e tenho a maioria dos parentes da igreja Assembleia de Deus, mas... Tenho ótima convivência com todos graças a Deus. Sou um Homem realizado, e foi o ensinamento Adventista que me ganhou para Jesus! Amo o estudo das profecias e hoje sei o que é estudar a Bíblia com convicção. Lembrem-se: Deus cobrará de cada um de nós, segundo a luz que recebemos e conforme a seriedade com que tratamos as coisas do Pai celestial. Deus em Cristo nos abençoe. Amém

    ResponderExcluir
  16. Nossa,como exitem pessoas que estudam tanta para torcer as palavra e os mandamentos de Deus.muito triste,Deus tenha misericordia,pois estao longe de ti.

    ResponderExcluir
  17. Leia Lucas 23:56 "Então, se retiraram para preparar aromas e bálsamos. E, no sábado, descansaram, segundo o mandamento." Será que Jesus não avisou as mulheres que estavam com Ele de que o sábado fora abolido?! Por que Jesus não ressuscitou no sábado? Porque Ele deu o exemplo do descanso sabático. Bem, o sábado não salva ninguém, mais sim, a graça de Deus através do sacrifício de Jesus na cruz. Então, por que guardar o sábado? É uma questão de obediência e fidelidade a Jesus, uma vez que estou salvo em Jesus devo observar os mandamentos de Deus, pois, pecado é transgressão da lei.
    Não seja discípulo de satanás, aceite o sacrifício de Jesus na cruz e guarde os mandamentos de Deus!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe anonimo, mas seu argumento é deveras estúpido. Vê-se logo que vc não entende nem de bíblia nem da argumentos bíblicos. Vc tenta validar a guarda do sábado pelo fato das mulheres terem obedecido esse mandamento ANTES da ressurreição de Jesus. Bem, vejamos: Vc sabe que Jesus iria ressuscitar no domingo, e mesmo elas tinham ouvido Jesus falar que iria fazer isso, mas elas não entenderam a mensagem de Cristo, então dessa forma elas não sabiam que ele iriam ressuscitar. ANTES DA RESSURREIÇÃO é claro que ninguém guardava o domingo seu tonto, Jesus não tinha morrido e nem voltado dos mortos. Assim sendo a Antiga Aliança continuava vigorando. A mudança só foi efetivada após a ressurreição. Obedecemos os mandamentos porque amamos a Deus, mas desobedecê-los não nos torna inaptos para a Salvação, caso contrário o sacrifício de Cristo teria sido em vão. Se a salvação é pelos méritos de Cristo não é pelos nosso, isso é graça, nós não temos méritos. Se a Guarda do sábado não é requisito para salvação, então porque vcs pregam que é? Presta atenção amigo, pense antes de escrever pensamentos pré-concebidos por outro. Deus te deu Cérebro para pensar.

      Excluir
  18. O pior cego é aquele que não quer enxergar. Peço a Deus sempre para que ELE liberte os adventistas dessa cegueira espiritual em que vivem.
    SEMEADOR parabens por esse texto tão bem elaborado.

    ResponderExcluir
  19. 27 E então lhes disse: "O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do sábado.
    28 Assim, pois, o Filho do homem é Senhor até mesmo do sábado".(mc 2:27-28)

    "Porque todos os que sem lei pecaram, sem lei também perecerão; e todos os que sob a lei pecaram, pela lei serão julgados.
    Porque os que ouvem a lei não são justos diante de Deus, mas os que praticam a lei hão de ser justificados.
    Romanos 2:12-13
    No dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Jesus Cristo, segundo o meu evangelho.
    Romanos 2:16
    Graça e paz da parte de Deus irmaos só queria esta falando que eu nao sou adventista e nunca fui a igreja a adventista mas eu guardo o sabado nao para ser salvo por isso mas como obediencia a Deus e para seguir o que Deus quis que fizéssemos ter um dia de descanso se ele deixou o 7 dia para que eu pudesse descansar por que eu nao faria isso "por que o sabado foi feito por causa do homem" se Deus o santificou gloria ao pai por ser tao bondoso pois ele sabe que nao criou maquinas e sim pessoas que se cansam e que precisam descansar,e outra coisa por que vocês ficam discutindo isso?a tantas outras coisas para nos importarmos pois a tantos heresias sendo pregadas por ai e nao vejo ninguem se levando e querendo desmascarar os verdadeiros falsos profetas que estao por ai engandando a muitos,
    "Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito; e, depois de o terdes feito, o fazeis filho do inferno duas vezes mais do que vós.
    Mateus 23:15"entao irmaos se querem lutar por uma causa lutem por aqueles que estao sendo enganados para que eles encontrem a verdade e sejam libertos em vez de ficarem brigando com aqueles que estao querendo fazer a vontade de Deus e se doam de corpo,alma e coração para obedecer e agradar a Deus,sim pois sem fé é impossivel agradar a Deus, e a fé sem obras é morta, e como conheceremos os frutos bons ou ruins se nao julgarmos pela palavra de Deus...

    ResponderExcluir
  20. Obrigada irmão pelos seus comentários. Sei que às vezes é difícil se fazer entender. Mas você nem precisaria escrever tudo isso. Bastava dizer que os adventistas excluem TODOS os que não são adventistas. Esta é a principal característica de uma seita. E pensando dessa forma, TODOS os cristãos que morreram antes de 1844 estão condenados por que não guardaram TODOS os mandamentos. Percebe qquão terrível é essa afirmação? ???? Mas logo logo eles pegam uns versículos isolados e jogam panos quentes nesse raciocínio.

    ResponderExcluir
  21. Que bom que pude ser útil. Eu precisava colocar toda esta explanação para poder refutar somente usando o credo da seita. Apesar disso, veja você, os adventistas continuam a insistir que eles não estão errados.

    ResponderExcluir
  22. Semeador tem uma tv desse pessoal ai da adventista que ficam só falando mal das outras denominaçoes,dizem que só a adventista que prega a verdade e bla,bla,bla logo se percebe que a adventista não luta contra o diabo e sim contra as igrejas.

    ResponderExcluir
  23. http://novamenteadventistas.blogspot.com.br

    Não é correto fazer uma interpretação de doutrinas fundamentais sem ter feito um estudo sobre o assunto em fontes primárias.

    semador12 disse o que ACHA que os adventistas acreditam, entretanto, aquilo que declarou, pelo que consta, são essencialmente presunções.

    O irmão fez o correto que é transcrever nossas doutrinas entretanto não fez o correto que é transcrever as explicações de cada uma destas doutrinas, também à partir de nossas fontes primárias e não usando como fonte o próprio irmão.

    Não encontrei as fontes bibliográficas que o amigo utilizou para chegar àquelas conclusões, o que demonstra de que o irmão usou a si mesmo como fonte explicativa de doutrinas alheias e que o irmão não conhece de fato, o que não é correto de se fazer.

    ResponderExcluir
  24. " O Cristo não encarnou em Jesus, essa doutrina herética é defendida pelos adventistas e quer dizer que Jesus era um homem comum até o Batismo quando O Cristo encarnou nele"

    Esta afirmação, querido irmão, é uma baita mentira!

    Se o irmão leu isto em algum lugar, saiba que a pessoa que escreveu tal coisa não tem o mínimo de conhecimento sobre o que Cremos acerca da encarnação de Cristo.

    O encarnar-se refere-se àquilo que todas as igrejas cristãs creem, de que Cristo sendo Deus veio em carne no ventre da virgem Maria. Não tem nada disso de Cristo ser um homem comum até o batismo!

    O entendimento do irmão acerca de nossas crenças deveras deturpado. Convido o irmão a assistir alguns vídeos contendo as devidas explicações acerca de cada doutrina, os quais o irmão poderá comentar e discorrer, segundo o que desejar, em seu blog.

    Com isto o irmão terá 100% de certeza sobre aquilo que os adventistas de fato pregam e ensinam.

    NA MIRA DA VERDADE:
    https://www.youtube.com/channel/UCIa6p9HWw1hEEfHzfJOcSbA

    ESTÁ ESCRITO
    https://www.youtube.com/channel/UC6d0BhJ5HV8BDEFHq42d9MA

    BÍBLIA FÁCIL
    https://www.youtube.com/channel/UC9-8euabh1UVar4CCMw7scw

    Com base nestes vídeos, aí sim, não se poderá contradizer o irmão.

    Um abraço, fique com Deus!

    ResponderExcluir

FAÇA UM CRISTÃO FELIZ.
ACEITO CRITICAS. NO ENTANTO NÃO ACEITAMOS COMENTÁRIOS CONTENDO FRASES DE BAIXO CALÃO. ME RESERVO O DIREITO DE NÃO PUBLICAR CRITICAS DE ANONIMOS.
NO MAIS, FIQUE À VONTADE PARA SE EXPRESSAR.